Unesco confirma destruição dos Budas

O diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura, confirmou hoje a destruição dos Budas de Bamiyan por parte do governo afegão dos talebans, e classificou o fato como "um crime contra a cultura". A primeira imagem da destruição das estátuas foi mostrada "com exclusividade internacional" pela rede americana CNN. Ela mostra um dos gigantescos Budas desaparecendo em meio a uma nuvem de poeira, em conseqüência de uma explosão.Matsuura acrescentou que as estátuas destruídas não faziam parte da lista do patrimônio cultural da humanidade, mas mereciam ter constado. "Espero que o que ocorreu não dê a outros fanáticos pretexto para novas destruições, desta vez de bens culturais muçulmanos. A violência absurda de uns não deve ser respondida com outra violência igualmente intolerável". A imagem da destruição pode ser vista no site da rede americana. (www.cnn.com).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.