União Européia satisfeita com plano de soberania do Iraque

A União Européia saudou, hoje, a proposta da Casa Branca de transferir o poder político ao Iraque, que terá um governo internacionalmente reconhecido até junho de 2004.Os ministros de relações exteriores da comunidade discutiram a desencorajante situação de segurança no Iraque e distribuíram uma declaração sublinhando ?a importância de uma data (de transferência de poder) adaptada à situação?. Eles não sugeriram a data, mas registraram ?com satisfação? o aval do Conselho de Governo do Iraque, sábado, à formação de um governo de transição até junho ? uma mudança que terminará formalmente com a ocupação militar americana, embora algumas tropas da coalizão possam permanecer.Entretanto, numa entrevista publicada hoje pelo jornal francês Le Croix, o ministro do Exterior da França, Dominique Villepin, criticou o processo como muito longo. Ele pede que os americanos instituam um governo provisório já no fim deste ano. A França foi o maior oponente à invasão do Iraque liderada pelos EUAA declaração dos ministros da EU reafirmam a resolução do grupo de ?contribuir para a reconstrução política, bem como, econômica, do Iraque?. Eles também apresentam suas condolências às famílias dos 19 italianos mortos, na semana passada, numa explosão à bomba em Nassíria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.