União Européia suspende vendas do remédio anti-Aids Viracept

A Comissão Européia suspendeu apermissão do laboratório suíço Roche para vender o remédioViracept, contra o HIV, na União Européia. "A suspensão se deve à contaminação de determinados lotesde Viracept com mesilato de etilo, uma substância genotóxica",disse a executiva da UE numa nota na terça-feira. O medicamento tinha sido retirado do mercado em junho,quando a Roche disse que sua permissão para vender o Viraceptestava sendo temporariamente suspensa pelas autoridades. Aprópria empresa anunciou ter identificado uma impureza químicano produto. O Viracept (mesilato de nelfinavir) também foirecolhido no Brasil em junho, por iniciativa da Roche. A comissão disse que o anúncio baseou-se nas conclusõescientíficas da Agência Européia de Medicamentos (Emea) e emconsultas com os membros da UE. "A suspensão só pode serrevogada por uma outra decisão da comissão, depois da avaliaçãode novos dados fornecidos pela agência", disse a executiva daUE. Uma representante da Roche disse que pretende voltar afabricar a droga em setembro ou outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.