União Interparlamentar exige que Israel liberte deputados palestinos

A União Interparlamentar - organização que congrega os parlamentos de 146 países - exigiu nesta terça-feira em Genebra que Israel liberte os deputados palestinos capturados desde o fim de junho na Faixa de Gaza.De acordo com o documento aprovado pela organização, a União Interparlamentar manifestou-se "alarmada com a detenção do senhor Abdel Aziz Duaik, presidente do Conselho Legislativo Palestino".Duaik, um destacado integrante do grupo islâmico Hamas, foi detido no último fim de semana. O Hamas assumiu o governo em março, algumas semanas depois de ter vencido as eleições parlamentares realizadas em janeiro nos territórios palestinos."A União Interparlamentar pede às autoridades de Israel que demonstrem contenção e respeitem o mandato parlamentar, a instituição do Parlamento e a presidência confiada ao senhor Duaik depois das eleições realizadas no início deste ano", dizia o comunicado. "A União Interparlamentar pede às autoridades israelense que o libertem, assim como a todos os outros membros do Conselho Legislativo Palestino capturados em junho", prosseguiu o grupo.No início de sua ofensiva contra Gaza, depois da captura de um soldado israelense por militantes palestinos, Israel seqüestrou dezenas de membros do governo do Hamas, entre ministros e deputados.Nesta terça-feira, o Exército de Israel informou que Duaik foi transferido da penitenciária militar de Ofer, perto de Ramallah, na Cisjordânia, para um hospital em Jerusalém depois de queixar-se de dores no peito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.