Unicef envia equipes e material para vítimas na Indonésia

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informou neste sábado que enviou pessoal para Yogyakarta, uma das áreas mais afetadas pelo terremoto que abalou a Indonésia, e prepara a remessa urgente de tendas de acampamento e de material médico e de higiene.De acordo com as equipes de resgate, o número de mortos chega a 2.806 pessoas. Os feridos já são milhares e os hospitais estão abarrotados.O porta-voz do Unicef, que tem sede em Genebra, Damien Personnaz, explicou que equipes da organização já estão em Yogyakarta, cerca de 400 quilômetros ao sudeste de Jacarta e 25 quilômetros ao nordeste do epicentro do terremoto.O Fundo trabalha no envio urgente de material de assistência básica às vítimas. Serão fornecidas 9 mil lonas impermeáveis, 850 equipamentos de higiene e 1.165 tendas pequenas de acampamento.A entidade ainda enviará outras 753 tendas grandes, 4 mil lanternas, 160 vasilhas de água, 1.707 jogos de material escolar e outros 152 com elementos lúdicos para as crianças.Entre o material preparado pelo Unicef, há também material didático e 50 barracas que podem servir como salas de aula para permitir que as aulas sejam mantidas.O Governo da Indonésia ordenou a remessa imediata das tendas de campanha, água potável, comida e remédios para os acampamentos de desabrigados, situados aos pés do vulcão Merapi, a apenas 30 quilômetros de Yogyakarta e que ameaçava entrar em erupção este mês.O aeroporto da cidade permanece fechado devido aos danos sofridos na pista. As linhas telefônicas estão saturadas.O abalo sísmico ocorreu às 5h54 (19h54 de sexta-feira em Brasília) e durou 57 segundos. O epicentro foi a apenas 17 quilômetros de profundidade, informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.