Unicef pede recursos para atender refugiados sírios

A Organização das Nações Unidas (ONU) prevê que o número de refugiados sírios deve mais do que dobrar no decorrer dos próximos meses e chegará a 1,2 milhão no fim do ano. Por esse motivo, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou nesta sexta-feira um apelo por mais recursos para atender o fluxo de refugiados. "As necessidades estão aumentando exponencialmente e estamos sem dinheiro", explicou Marixie Mercado, porta-voz do Unicef.

AE, Agência Estado

05 de abril de 2013 | 13h05

Cerca de meio milhão de sírios fugiram para a Jordânia em pouco mais de dois anos de guerra civil em seu país de origem. A Jordânia tem 6 milhões de habitantes.

Ao todo, mais de 1 milhão de sírios já buscaram abrigo em países vizinhos, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur). A ONU adverte que o fluxo de refugiados acelerou-se dramaticamente nos últimos meses. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUSíriarefugiados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.