Único eclipse lunar total de 2010 ocorrerá no solstício

Onde o clima permitir, os habitantes das Américas do Norte e Central - e de alguns lugares da América do Sul - terão os melhores assentos para assistir ao único eclipse total da Lua de 2010. O fenômeno ocorrerá entre a noite de segunda-feira e a madrugada da terça-feira.

Agência Estado

19 de dezembro de 2010 | 19h16

Durante um eclipse lunar total, a Lua cheia passa pela sombra criada pela Terra que cobre a luz do Sol. Um pouco de luz indireta deve conseguir passar, dando à Lua um tom espectral.

Dado o fato de o eclipse coincidir com o solstício de inverno no Hemisfério Norte, a Lua aparecerá no alto do céu. Por conta das recentes erupções vulcânicas ocorridas em diferentes partes do planeta, cientistas acreditam que a Lua pode parecer um pouco mais escura que o normal.

Nas Américas do Norte e Central, o espetáculo poderá ser visto do princípio ao fim.

Há dois eclipses lunares previstos para 2011, um em junho e outro em dezembro. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Luaeclipsesolstício

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.