Unidades da Otan começam a chegar à Macedônia

Pequenas unidades militares avançadas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), uma britânica, uma francesa e outra checa, chegaram hoje a Skopje, capital da Macedônia, para preparar o desembarque de 3,5 mil soldados da aliança atlântica que supervisionarão o desarmamento voluntário dos rebeldes de etnia albanesa. O clima no norte do país era de relativa calma hoje, quando 41 militares britânicos desembarcaram de um Hércules. Ocorreram alguns choques entre soldados macedônios e rebeldes nas cercanias de Tetovo (reduto albanês do norte do país). Pelo menos um rebelde teria morrido.Os 15 soldados da França e a força checa, 120 homens, chegaram pela manhã. Outros 350 britânicos chegarão ainda este fim de semana. Reunidos em Bruxelas, representantes dos 19 países membros da Otan adiaram uma decisão sobre a data do desembarque dos 3,5 mil soldados. Preferiram antes enviar o general americano Joseph Ralston, comandante supremo da instituição, a Skopje para uma avaliação minuciosa das condições da operação militar e, principalmente, do cumprimento do cessar-fogo. Um novo encontro foi marcado para a próxima semana na capital belga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.