United libera US$ 25 mil para famílias de passageiros mortos

A United Airlines informou no início da noite de hoje que vai liberar a quantia inicial de US$ 25 mil para familiares das vítimas dos vôos 93 e 175, que caíram hoje nos Estados Unidos na série de atentados terroristas no país. A empresa confirmou hoje que 110 pessoas, entre passageiros e tripulantes, morreram nas quedas dos aviões seqüestrados. A empresa informou que já identificou todos os passageiros e tripulantes que estavam nos dois aviões e deve contatar seus parentes o mais rápido possível. A companhia não fará uma divulgação pública da lista.O vôo 93 da companhia decolou do aeroporto de Newark, em Nova York, na manhã de hoje e tinha como destino São Francisco. Ele acabou caindo na cidade de Johnstown, na Pensilvânia. Já o vôo 175 da companhia, que saiu de Boston hoje cedo, com destino a Los Angeles, colidiu com a torre sul do World Trade Center, o que as autoridades dos EUA consideram que se trata de um avião seqüestrado.A empresa informou ainda que já enviou equipes para os locais onde estão os destroços dos aviões e se colocou à disposição do governo norte-americano para ajudar nas investigações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.