Universidade agiu com lentidão em massacre

Um relatório elaborado pelo governo do Estado de Virgínia e divulgado ontem afirmou que a universidade Virginia Tech reagiu com lentidão ao massacre de 33 pessoas ocorrido em abril. O documento indica que a direção deveria ter avisado professores e estudantes que o sul-coreano Cho Seung-hui havia matado duas pessoas horas antes do massacre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.