Universidade pagará enterro de brasileiro

A Universidade de Pernambuco (UPE) decretou ontem luto de três dias e assumiu os custos do enterro do professor Almir Olímpio Alves, de 42 anos, uma das 13 vítimas do massacre ocorrido na sexta-feira na Associação Cívica Americana, em Binghamton, a 280 quilômetros de Nova York. Alves fazia pós-doutorado em matemática na Universidade Estadual de Nova York, em Binghamton, e participava de um curso de inglês na sede da associação quando foi morto pelo vietnamita Jiverly A. Wong. Ontem, uma TV americana divulgou uma carta deixada por Wong, duas semanas antes do crime, em que ele se dizia perseguido pela polícia e anunciava o massacre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.