Universidades vetam tatuagens e piercings

A agência de notícias iraniana Fars divulgou ontem uma lista de universidades do país nas quais foi proibido o uso de tatuagens e de piercings pelas alunas. Unhas compridas e roupas brilhantes também estão vetadas. De acordo com a Fars, as estudantes estão proibidas também de "usar bonés ou chapéus sem lenços". Calças jeans justas ou curtas não serão toleradas entre as universitárias. Apesar de proibir os piercings, os brincos poderão ser usados, desde que nas orelhas. As novas regras proíbem ainda os alunos de tingir o cabelo, aparar as sobrancelhas, vestir roupas justas ou curtas e usar joias. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.