Uribe diz que acordo sobre bases ''não tem volta''

O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, disse ontem que o acordo que autorizará Washington a utilizar sete bases em território colombiano é um "passo na direção certa para derrotar totalmente o terrorismo". Uribe garantiu ainda que a nova parceria "não tem volta". "À medida que damos esses passos, os terroristas perdem a ilusão de que algum dia poderão se recuperar na Colômbia", disse Uribe.De acordo com fontes do Ministério da Defesa da Colômbia ouvidas pela "Efe", o acordo militar deverá ser formalizado "dentro de duas semanas". A parceria entre Bogotá e Washington incomodou governos da região, incluindo países de fora do chamado "bloco bolivariano", como Brasil e Chile. Para contornar o clima de desconfiança, membros da União Sul-Americana de Nações (Unasul) convocaram uma reunião extraordinária, que será realizada em Bariloche, no sul da Argentina, no dia 28.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.