Uribe pede que Fidel e Chávez enviem mensagem às Farc

Fidel Castro e Hugo Chávez foram autorizados pelo presidente Alvaro Uribe a transmitir à guerrilha a mensagem de que está disposto a iniciar negociações de paz.?Não lhes estamos pedindo que sejam facilitadores ou mediadores. Queríamos que esta mensagem chegue às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, pressupondo que em algum momento o presidente (de Cuba, Fidel Castro) e o presidente (da Venezuela, Hugo) Chávez podem ter comunicação com algum membros da guerrilha?, disse nesta sexta-feira o Comissário de Paz, LuisCarlos Restrepo. Em uma entrevista com a rádio Caracol, Restrepo lembrou que Uribe se reuniu com seu colega venezuelano na semana passada no Paraguai e manifestou-lhe que sempre deixou ?as portas abertas para a negociação e que um acordo de paz pode ser facilmente realizado se houver vontade?. Acrescentou que Uribe também se reuniu recentemente em Bogotá com Castro e lhe manifestou que se houver acordo de paz com as Farc ? (os guerrilheiros) poderiam ter a absoluta certeza de que haveria todo o empenho em defender a vida dos que se reintegrarem à democracia e à vida civil?. Garantir a segurança dos ex-guerrilheiros é um tema importante, dada a experiência anterior do ocorrido com o ex-grupo guerrilheiro M-19 ao retornar à vida civil: em 1984, após o acordo de paz com o governo e a conversão do grupo ao partido político União Patriótica (UP), cerca de 3.000 de seus dirigentes e militantes foram assassinados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.