Uribe se reúne com chefe da ELN para convocar diálogo

Em declarações à emissora em FM darede colombiana RCN, o presidente da Colômbia, Alvaro Uribe,revelou hoje que se reuniu recentemente com oporta-voz político do Exército de Libertação Nacional (ELN),Felipe Torres, para lhe manifestar sua disposição em levaradiante um processo de paz com esse grupo guerrilheiro medianteo fim das hostilidades. Uribe indicou que a reunião com Torres - libertado da prisão em 8 de outubro passado por já ter cumpridoa pena a que foi condenado - ocorreu em um hotel da cidade deMedellín, no noroestedo país, "há algumas semanas". O mandatário disse ter advertido Torres de que eranecessário cessar as hostilidades para iniciar um diálogo de paz, mas ter esclarecido que o ELN teria "o tempo necessário" paradesarmar e desmobilizar o grupo rebelde - a segunda maior forçaguerrilheira do país, com cerca de 4 mil combatentes. Hoje, um dia depois de o ELN entregar cinco refénsestrangeiros a uma comissão humanitária, Uribe reiterou suadisposição para dialogar com o grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.