Uruguai caminha para o socialismo, diz grupo governista

O Movimento de Participação Popular (MPP), um dos pilares políticos do atual presidente do Uruguai, José Mujica, afirmou seu objetivo de conduzir o país rumo ao socialismo e à libertação nacional. Depois de um congresso realizado no fim de semana, o MPP, que aglutina ex-guerrilheiros tupamaros e outros grupos de esquerda, divulgou nota por meio da qual renova seu compromisso com a Frente Ampla, que apoia o governo liderado por Mujica. Segundo o comunicado, tal apoio faz parte da estratégica do MPP rumo "à libertação nacional e ao socialismo".

AE, Agência Estado

20 de dezembro de 2010 | 16h39

Mujica é um histórico ativista tupamaro. A guerrilha foi desarticulada pelas Forças Armadas e a luta contra ela acabou usada como justificativa para o golpe de Estado de 1973 e para a ditadura militar que se estendeu até 1985 no país sul-americano. Com a redemocratização do Uruguai, os tupamaros iniciaram sua atividade política dentro da Frente Ampla. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UruguaisocialismoJosé MujicaMPP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.