Uruguai diz que reconhecerá Estado palestino

Brasil e Argentina já anunciaram reconhecimento, o que irritou Israel

AE, Agência Estado

23 de dezembro de 2010 | 14h33

MONTEVIDÉU - O ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Luis Almagro, afirmou hoje que seu país pretende reconhecer o Estado palestino, seguindo as decisões anunciadas recentemente por Argentina e Brasil. Almagro disse que a decisão formal já foi tomada, mas agora os funcionários estudam suas implicações para a lei internacional e a política do país.

 

Almagro não disse se Jerusalém será reconhecida como a capital desse Estado, nem quais fronteiras serão reconhecidas. Adiantou apenas que a decisão será anunciada no início de 2011.

 

No caso de Brasil e Argentina, o reconhecimento do Estado palestino tem como base as fronteiras de 1967, que inclui a Faixa de Gaza e a Cisjordânia. Os palestinos buscam apoio internacional pelo reconhecimento de seu Estado, no momento em que o diálogo para a paz com os israelenses está paralisado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UruguaiEstado palestinoreconhecimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.