Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Uruguai é o 1º da AL a permitir adoção por casais gays

O Uruguai está abrindo caminho para que casais gays adotem crianças. A aprovação final do Senado hoje faz do Uruguai o primeiro país da América Latina a permitir que casais de gays e lésbicas tenham a oportunidade de adotar crianças. Agora, o Executivo vai decidir quando a lei passa a vigorar. A medida tem o apoio da coalizão de governo do presidente socialista Tabaré Vazquez, mas a Igreja Católica demonstrou forte oposição à ideia.

AE-AP, Agencia Estado

09 de setembro de 2009 | 18h33

No governo de Vazquez, o Uruguai já legalizou as uniões civis de gays e encerrou a proibição da entrada de homossexuais no serviço militar. A nova lei dá menos voz aos juízes no caso de adoção e transfere as decisões desse tipo para o Instituto da Criança e do Adolescente.

Tudo o que sabemos sobre:
Uruguaigaysadoção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.