Uruguai enfrenta saques em supermercados

Pelo menos meia dúzia de supermercados e mercearias foram saqueados nesta quinta-feira em Montevidéu, capital do Uruguai. Segundo a polícia, em pelo menos um dos casos houve detenções e confrontos. No bairro de Borro, considerado um dos mais perigosos da cidade, 300 pessoas saquearam uma pizzaria e três mercearias. A polícia conseguiu evitar que o mesmo ocorresse em um supermercado, um açougue e uma padaria. A página na Internet do jornal El Observador informou que "a situação é de tensão?. Na quarta-feira já haviam surgido denúncias de que aproximadamente 50 pessoas saquearam um supermercado nas imediações do palácio Legislativo e que a polícia deteve oito pessoas.

Agencia Estado,

01 Agosto 2002 | 18h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.