Uruguai pede desculpas ao Haiti por abuso sexual

O presidente do Uruguai, José Mujica, pediu desculpas ao Haiti nesta quarta-feira por conta de suspeitas de abusos sexuais cometidos por mantenedores de paz do país sul-americano na nação caribenha.

Agência Estado

07 Setembro 2011 | 14h48

Mujica enviou uma carta ao presidente do Haiti, Michel Martelly, pedindo desculpas ao "amado e heroico povo haitiano" pelo que qualificou como conduta criminosa e constrangedora de um pequeno grupo de uruguaios.

Ainda na carta, o líder uruguaio afirma que se sente pessoalmente envergonhado por todos os seus compatriotas e também pede desculpas em nome das Forças Armadas do Uruguai.

Mujica prometeu ainda uma investigação completa das denúncias e afirmou que os culpados serão punidos com o máximo rigor possível. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Uruguai Haiti desculpas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.