US$ 5 milhões por informações que levem a seqüestradores de repórter

O Departamento de Estado dos EUA anunciou, nesta quarta-feira, uma recompensa de US$ 5 milhões para quem fornecer informações que levem à detenção dos responsáveis pelo seqüestro seguido de assassinato do jornalista norte-americano Daniel Pearl."Estamos revoltados com o assassinato brutal de Daniel Pearl", disse o porta-voz do departamento, Richard Boucher. "Condenamos este ato veementemente. E hoje nós estamos anunciando uma recompensa de US$ 5 milhões".Segundo Boucher, a recompensa será divulgada em breve no Paquistão, onde Pearl foi seqüestrado e morto, e está sendo inserida no site do Departamento de Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.