Usina de Fukushima sofre vazamento de água radioativa

O operador da usina nuclear de Fukushima anunciou nesta quinta-feira a descoberta de um vazamento de 100 toneladas de água altamente radioativa. Segundo um porta-voz da Tokyo Electric Power, a água tóxica não está mais vazando do tanque de armazenamento.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2014 | 02h45

O porta-voz também afirmou que é improvável que a água tenha chegado ao oceano, já que não há nenhum caminho de drenagem próximo ao vazamento. "Agora nós estamos em processo de recuperar a água que vazou e a terra que foi contaminada", disse.

O tanque, um dos mais de cem usados para armazenar água contaminada durante o processo de esfriamento dos reatores danificados, está a 700 metros da praia.

O tanque que vazou contém água filtrada para remover césio, mas que ainda contém estrôncio, uma substância que se acumula nos ossos e que, se consumida, pode causar câncer. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãofukushima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.