Usina nuclear do Japão começa a descontaminar água

Um sistema para tratar a água radioativa começou a funcionar hoje na usina japonesa de Fukushima, no Japão, informou o vice-presidente da Tokyo Electric Power (Tepco), Sakae Muto. "A operação estável do sistema de descontaminação é um requisito para obter a refrigeração dos reatores", afirmou Muto em entrevista à imprensa. O sistema, que incorpora tecnologia norte-americana e francesa, ajudará a reduzir a vasta quantidade de água irradiada, que se tornou um grande obstáculo para estabilizar a usina.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2011 | 09h10

Muita água foi lançada nos prédios onde ficam os reatores e em instalações adjacentes, impedindo que funcionários fizessem reparos necessários, e isso chegou a contaminar temporariamente o oceano por causa de vazamentos de parte dessa água, que já foram controlados, segundo a empresa. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.