?Vaca Louca?: primeiro caso suspeito na Coréia

As autoridades sanitárias da Coréia do Sul anunciaram hoje a possibilidade de haver detectado um paciente com a enfermidade ?encefalopatia espongiforme bovina?, vulgarmente conhecida como a doença da ?vaca louca?. Se for confirmado, este será o primeiro caso fora da Europa. Os médicos não estão conseguindo fazer os exames necessários neste paciente, um homem de 30 anos que tem problemas mentais, porque a família é contrária.Os médicos, porém, suspeitam que ele está com a doença, que é transmitida aos seres humanos pelo consumo de carne bovina contaminada. "Não podemos dizer que ele não tem a doença porque apresenta alguns sintomas, mas como sofre de problemas mentais fica difícil precisar somente com uma análise superficial?, declarou o diretor adjunto do Instituto Nacional de Sanidade, Choi Chul-Ho. A Coréia do Sul tem importado da Europa, desde 1998, sangue desidratado de vaca para alimentar outros animais, mesmo sabendo do mal das ?vacas loucas?. Segundo a página oficial na Internet da Organização Mundial de Saúde (OMS), até dezembro passado foram registrados 87 casos da enfermidade na Grã-Bretanha, três na França e uma na Irlanda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.