Vai a 18 total de mortos após explosão na Rússia

Uma explosão de gás metano em uma mina de carvão no norte da Rússia deixou 18 mortos nesta segunda-feira, segundo informou a agência de notícias Interfax, com informações do Ministério do Interior. Dois mineradores escaparam e três foram resgatados.

AE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 20h48

A mina, que pertence à uma unidade da OAO Severstal, uma das maiores produtoras de aço da Rússia, fica localizada na cidade de Vorkuta. "O principal objetivo agora é alcançar o local da explosão, onde mais pessoas podem estar", disse Yevgeny Sukharev, porta-voz da empresa.

Um comitê de investigação russo informou que abriu uma investigação criminal sobre a explosão. O país tem sofrido diversos acidentes fatais em minas nos últimos anos. Quatro trabalhadores morreram no fim de janeiro em outra mina, no sudoeste da Sibéria. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaexplosãomina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.