Vai a 20 cifra de mortos em ataque a cassino no México

Pelo menos 20 pessoas morreram em um ataque incendiário a um cassino em Monterrey, no norte do México, informaram autoridades locais.

Agência Estado

25 de agosto de 2011 | 21h47

Fernando Larrazábal, prefeito de Monterrey, disse que mais de 20 corpos já foram resgatados, mas acredita-se que o número continuará a aumentar porque o resgate às vítimas ainda não terminou.

O prefeito não falou em quantas pessoas teriam ficado feridas, mas fontes na polícia local disseram anteriormente que havia pelo menos uma dúzia de sobreviventes socorridos pelas equipes de resgate.

Fontes na polícia do Estado mexicano de Nuevo León disseram inicialmente que granadas haviam sido atiradas contra o cassino, mas outros agentes disseram que homens armados entraram no local, despejaram um líquido inflamável no piso e deram início a um incêndio.

O local onde funciona o cassino foi tomado por uma espessa fumaça depois do ataque. Segundo as fontes ouvidas pela Associated Press, os estrondos que testemunhas inicialmente relacionaram a explosões podem ter sido causados pelo barulho do fogo se espalhando pelo local.

Monterrey, a terceira maior cidade do México, tem sido palco de sangrentas disputas entre os cartéis do narcotráfico de Los Zetas e do Golfo. No entanto, não houve confirmação oficial até o momento de que se trate de um episódio da guerra entre os cartéis. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.