Vai a 20 total de mortos na fronteira de Síria e Israel

Subiu para 20 o total de mortos e para 325 o de feridos hoje no ataque de militares israelenses em uma área disputada da fronteira com a Síria para dispersar um protesto pró-Palestina, informou a TV estatal síria. A manifestação foi convocada para marcar o aniversário da derrota árabe na Guerra dos Seis Dias, em 1967, no Oriente Médio. Os militares de Israel teriam aberto fogo quando manifestantes tentaram cruzar a fronteira nas Colinas do Golã, ocupadas por Israel há mais de quatro décadas.

AE, Agência Estado

05 de junho de 2011 | 14h51

Israel havia se comprometido a evitar hoje a repetição de um episódio semelhante, ocorrido no mês passado, em que centenas de manifestantes romperam a fronteira em direção às Colinas de Golã, controladas pelos israelenses. Na ocasião, morreram mais de dez pessoas. Israel conquistou as Colinas de Golã da Síria em 1967, junto com a Cisjordânia, o leste de Jerusalém e a Faixa de Gaza. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.