Vai a 324 total de mortos por causa de vulcão indonésio

O número de mortes provocadas pelas recentes erupções do mais ativo vulcão da Indonésia subiu para 324, informaram hoje autoridades locais. Syamsul Maarif, da agência de defesa civil do país, afirmou que o número foi atualizado porque diversas vítimas feridas não resistiram às queimaduras e porque mais corpos foram encontrados na encosta do vulcão Merapi. Maarif não entrou em detalhes sobre quantos feridos morreram em hospitais e quantos corpos foram achados.

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 20h53

O Merapi é considerado o vulcão mais ativo da Indonésia. Sua mais recente erupção teve início em 26 de outubro, menos de 24 horas depois de um maremoto ter matado 509 pessoas em outra parte do país. A Indonésia é uma nação insular que fica sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma região onde diversas falhas geológicas se encontram, tornando-a propensa a terremotos e erupções vulcânicas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiavulcãomortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.