Vai decolar o primeiro vôo nudista

Um Boeing 727, com capacidade para 170 passageiros, vai decolar, em 3 de maio, de Miami com destino a Cancún, no México e será o primeiro vôo da história da aviação comercial em que os passageiros, antes de tudo, estarão proibidos de usar roupa. O Boeing foi fretado pela agência Castaway Travel, especializada em turismo naturista. O pacote, prevendo uma semana em um hotel nudista do famoso balneário mexicano, não é inédito para a Castaway. Mas será o primeiro em que a "festa" começará logo após o embarque. Bastará esperar a decolagem, até que o avião atinja a altitude de cruzeiro, explica James Bailey, dono da agência em sociedade com a mulher, Donna. Para os nudistas de primeira viagem, Bailey dá dicas valiosas, como não esquecer de incluir na bagagem de mão uma toalhinha - de rosto, que seja - para forrar o assento do avião. "A etiqueta do nudismo recomenda", ensina o dono da agência. Para os (as) mais afoitos (as), uma advertência sem meias-palavras: "Não admitiremos condutas impróprias a bordo." Vale lembrar, a tripulação do avião estará rigorosamente uniformizada. Segundo o site da agência na Internet, o pacote standard, com uma semana de hotel (comum), custa US$ 499 por pessoa, com volta (também em vôo charter "a caráter") no dia 10. Quem se dispuser a pagar mais US$ 700 poderá se hospedar em um hotel só para adultos - com direito a só vestir a roupa para o embarque de volta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.