Vale firma acordo trabalhista no Canadá e reajusta salários de funcionários

A subsidiária da Vale no Canadá firmou acordo coletivo com o sindicato United Steelworkers Local 6500 para reajustar salários dos trabalhadores associados entre 5% e 7%. O termo aprovado pelos sindicalistas tem validade de cinco anos e também inclui um bônus de 4,5 mil dólares canadenses.

Estadão Conteúdo

02 de maio de 2015 | 11h48

Segundo o presidente do sindicato, Rick Bertrand, que representa funcionários da empresa em Sudbury e Port Colborne, 89% dos integrantes locais da associação foram às urnas na quinta-feira e na sexta-feira para decidirem se aceitavam o acordo. Na contagem de votos, 77% dos trabalhadores se demonstraram favoráveis à proposta.

Os reajustes foram aprovados um mês antes do prazo final para as negociações do contrato trabalhista e não incidem sobre a ajuda de custo fornecida pela Vale Canada aos funcionários. A agilidade nas negociações contrasta com as discussões entre sindicalistas e a empresa entre 2009 e 2010 - período em que os funcionários ficaram quase um ano em greve. (Renato Oselame - renato.oselame@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
ValeCanadáacordosindicato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.