Vandalizada por beijos, sepultura de Oscar Wilde é protegida

Local em cemitério parisiense é cercado por vidro.

BBC Brasil, BBC

30 de novembro de 2011 | 19h15

A sepultura de Oscar Wilde foi renovada e ganhou uma proteção de vidro no cemitério parisiense de Pere Lachaise, onde o escritor irlandês está enterrado.

O monumento restaurado agora é protegido por uma vidraça. A sepultura anterior foi quase destruída pelo batom de fãs que deixavam marcas de beijos.

O ator inglês Rupert Everett esteve no local, exatos 111 depois da morte de Wilde.

A sepultura foi financiada pelo governo irlandês por meio de um projeto do neto do escritor, Merlin Holland.

O tumulo é considerado um monumento histórico, o que pode valer uma multa para fãs que o danifiquem BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
parisoscar wildepere lechaise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.