Vândalos danificam Palácio Ducal e igreja antiga de Veneza

Numa mesma noite, neste fim de semana, dois monumentos importantíssimos para a história da arte ocidental foram atacados por vândalos. O capitel de uma das colunas do Palácio Ducal, talvez o mais conhecido edifício de Veneza, foi transformado em pequenos fragmentos. E uma das mais belas igrejas renascentistas da Giudecca ? uma das ilhas em que a cidade se divide ? foi também atingida, segundo autoridades municipais.Ninguém foi preso e não se sabe se a mesma pessoa foi responsável pelos dois atos de vandalismo.O Palácio Ducal, uma majestosa construção sobre a Praça de San Marcos, que serviu de sede para os administradores de Veneza por séculos, foi atacado ontem à noite, confirmou a porta-voz Sofia Arinaldi.Foi usado um objeto rombudo para quebrar os ornatos do capitel, no topo da coluna, arrebentando os braços das figuras de Jesus Cristo e Moisés, além de um tablete com os 10 mandamentos, de acordo com Sofia. As figuras do capitel têm cerca de 25 centímetros de altura.O ataque foi interrompido por um grupo de turistas, que intervieram e subsequentemente chamaram a polícia. O vândalo escapou mas a polícia conseguiu recuperar os fragmentos do ornato.Também no domingo, a fachada da Chiesa del Redentore (Igreja do Redentor) ? considerada uma das mais importantes obras do arquiteto Andrea Palladio ? foi danificada por um homem que golpeou seguidamente as estátuas de São Marcos e São Francisco de Assis, quebrando suas mãos e deixando rombos nos corpos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.