Vândalos tentam atear fogo a mesquita

Vândalos tentaram atear fogo a uma mesquita do vilarejo palestino de Brukin, na Cisjordânia, na madrugada de ontem, e dois veículos foram incendiados na localidade. A suspeita é a de que judeus fundamentalistas dos assentamentos da região tenham realizado as ações. Em uma parede do templo atacado, foi deixada uma pichação que fazia uma denúncia contra o diretor da divisão judaica do Shin Bet, serviço secreto interno de Israel, que investiga o envolvimento de colonos judeus extremistas em ataques a locais sagrados para os muçulmanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.