Vantagem de Merkel recua para eleições alemãs

A vantagem da coalizão de centro-direita da chanceler alemã Angela Merkel sobre os partidos de centro-esquerda diminuiu para um ponto porcentual, seis semanas antes das eleições nacionais no país, de acordo com os resultados de uma recente pesquisa de opinião.

AE, Agência Estado

07 de agosto de 2013 | 04h57

Merkel está buscando um terceiro mandato nas eleições de 22 de setembro. Apesar das pesquisas, que destacam a incerteza sobre a próxima coalizão, Merkel continua a ser mais popular do que seu adversário, Peer Steinbrueck, um social-democrata e ex-ministro de Finanças.

A pesquisa, realizada pelo instituto Forsa para a revista semanal Stern, mostrou que a União Democrata-Cristã (CDU) de Merkel e a União Social-Cristã da Baviera (CSU) têm juntos 40% das intenções de votos, uma queda de um ponto porcentual ante a semana passada, enquanto o Partido Democrático Liberal (FDP) permaneceu com 5%. A oposição social-democrata garantiu 23% de apoio, alta de um ponto porcentual, enquanto os Verdes subiram para 14% e o partido A Esquerda caiu para 7%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.