Vargas Llosa critica Lula por apoiar chavismo

O escritor peruano Mario Vargas Llosa qualificou na quarta-feira à noite o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "propagandista entusiasta do chavismo". Durante um fórum de dirigentes conservadores em Rosário, na Argentina, o Nobel afirmou ser "um espetáculo verdadeiramente lamentável a cumplicidade de presidentes democráticos que apoiam regimes populistas, ditatoriais, como o de Hugo Chávez, sem falar na ditadura cubana". Vargas Llosa, para quem Chávez é "a negação absoluta da democracia e dos princípios que regularam o governo de Lula", citou ainda o peruano Ollanta Humala e o conservador Sebastián Piñera, líder do Chile. / EFE

ROSÁRIO, ARGENTINA, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2013 | 02h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.