Vaticano confirma encontro entre Tariq Aziz e o papa

Em meio às constantes ameaças dos Estados Unidos contra o Iraque, o Vaticano anunciou nesta quarta-feira que o papa João Paulo II vai se reunir, em 14 de fevereiro, com o vice-primeiro-ministro do Iraque, Tariq Aziz.Por meio de um breve comunicado, o porta-voz do Vaticano, Joaquín Navarro-Valls, disse que Aziz solicitou o encontro com o papa e o pontífice aceitou recebê-lo.Catorze de fevereiro é o mesmo dia em que os chefes dos inspetores de armas da Organização das Nações Unidas (ONU), Hans Blix e Mohamed el-Baradei, deverão fazer um novo relato ao Conselho de Segurança sobre a evolução de seus trabalhos no Iraque.O Vaticano vem se posicionando abertamente contra uma nova guerra no Iraque. As principais autoridades católicas comentam que não há justificativa moral ou legal para um ataque "preventivo" contra Bagdá e alertam que a guerra poderá desencadear um sentimento anticristão nos países muçulmanos.O próprio João Paulo II qualifica uma nova guerra contra o Iraque como "uma derrota para a humanidade". Em sua opinião, uma ação militar deve ser adotada somente como último recurso e, mesmo assim, sob condições estritas.O Vaticano é também um antigo crítico das sanções da ONU contra o Iraque, impostas após a invasão do Kuwait pelo regime de Bagdá, em 1990.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.