Vaticano divulga registros sobre padre acusado de abuso

O Vaticano tomou uma medida incomum ao publicar arquivos internos sobre um padre que foi transferido de sua paróquia na década de 1960, após supostamente ter molestado menores na Irlanda e nos Estados Unidos.

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2011 | 10h43

Os arquivos publicados nesta quarta-feira são parte da documentação que a Santa Sé pretende entregar a advogados norte-americanos que representam um homem que afirma ter sido abusado pelo reverendo Andrew Ronan, que já morreu. O homem, que não foi identificado, quer que o Vaticano seja responsabilizado pelos abusos.

O advogado do Vaticano Jeffrey Lena disse que os próprios arquivos da Santa Sé mostram que a igreja não sabia das acusações contra Ronan até 1966, após a ocorrência dos abusos, quando Ronan pediu para deixar a igreja. Os documentos foram divulgados em meio a fortes críticas sobre a atuação do Vaticano em casos de abuso de menores da Irlanda. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VATICANOARQUIVOSABUSOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.