Vaticano impõe teto para processos de canonização

O Vaticano adotará um teto de custos para os processos de canonização. O anúncio foi feito pelo cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos.

AE, Agência Estado

14 de janeiro de 2014 | 16h54

A medida representa mais um passo rumo à moderação pedida pelo papa Francisco desde o primeiro dia de seu pontificado.

A partir de agora, os investigadores que atuam nos casos de canonização terão de obedecer a um "preço de referência".

A intenção é coibir os gastos excessivos e tornar os processos mais justos e equitativos. São recorrentes os casos de canonização patrocinados por ricos doadores que tramitam mais rápido do que processos carentes de recursos. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.