Andrew Caballero-Reynolds/AFP
Andrew Caballero-Reynolds/AFP

Vaticano inaugura novo abrigo para acolher sem-teto em Roma

Centro tem capacidade para receber 34 pessoas e foi instalado a poucos metros da Praça São Pedro

O Estado de S. Paulo

12 Outubro 2015 | 11h10

CIDADE DO VATICANO - O Vaticano inaugurou um novo albergue destinado a receber os sem-teto que dormem nas imediações da Praça São Pedro, informou nesta segunda-feira, 12, a Esmolaria Apostólica - encarregada de realizar as obras de caridade do papa.

O centro, com capacidade para 34 pessoas e administrado pela Congregação das Irmãs de Caridade Madre Teresa de Calcutá, foi instalado na Via dei Penitenzieri, a poucos metros da Praça São Pedro. A inauguração ocorreu no dia 7, mas só nesta segunda foi informada à imprensa.

Os sem-teto que quiserem dormir no albergue deverão ir diretamente ao local, que recebe as pessoas das 18h às 19h, e poderão reservar a permanência por, no máximo, 30 dias. Às 6h15 todos devem estar de pé. Às 8h o centro fecha as portas para ser limpo antes de voltar operar.

As pessoas que utilizem a residência têm direito a jantar e a tomar café da manhã, além de usar os chuveiros disponíveis. A nova casa se soma ao abrigo que desde 1988 disponibiliza 50 camas para mulheres pobres no Vaticano.

Essa não é a primeira vez que o papa organiza atos como esse. Há algum tempo, Francisco mandou presentear os sem-teto com 300 guarda-chuvas, que foram esquecidos pelos turistas nos Museus Vaticanos, para que pudessem se proteger das fortes chuvas. Em dezembro, no dia do seu aniversário de 78 anos, o pontífice distribuiu 400 sacos de dormir a pessoas sem lar de Roma.

Mais recentemente, em fevereiro, o Vaticano disponibilizou, a pedido do papa, uma nova barbearia e alguns chuveiros na Praça São Pedro. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Vaticano papa Francisco Roma

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.