Vaticano lança portal multimídia

'News.va' trará as principais notícias da Santa Sé a partir da próxima quarta-feira

Efe

27 de junho de 2011 | 10h54

CIDADE DO VATICANO - O Vaticano lançará no dia 29 de julho um novo portal multimídia chamando "News.va", onde poderão ser encontradas as principais notícias elaboradas por outros meios de comunicação da Santa Sé, entre eles a emissora "Radio Vaticana" e o jornal "L'Osservatore Romano".

 

O site foi apresentado nesta segunda-feira, 27, pelo presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, o arcebispo Claudio María Celli, que afirmou que a nova ferramenta começará a funcionar durante as festividades de São Pedro e São Paulo, fundadores da Igreja Católica, e durante o 60º aniversário da ordenação sacerdotal de Bento XVI.

 

O próprio pontífice inaugurará o novo portal, o que demonstra, segundo Celli, a importância que o papa dá às novas formas de comunicações. A ferramenta terá inicialmente versões em italiano e inglês, mas em breve poderá ser consultada também em português, espanhol e francês.

 

O site "permitirá ao visitante acessar imediatamente as principais notícias, tanto impressas como as emitidas pela 'Radio Vaticana' e às imagens do 'Centro Televisivo Vaticano'", afirmou Celli.

 

O arcebispo acrescentou que as notícias serão focadas nas atividades e discursos de Bento XVI, informações das congregações da Santa Sé e eventos e situações mais importantes que ocorram no mundo relacionados com diferentes igrejas locais.

 

O "News.va" não terá uma linha editorial específica, explicou Celli, ressaltando que todos os meios de comunicação do Vaticano continuarão gozando de autonomia e identidade próprias.

 

Além do jornal, da rádio e da televisão da Santa Sé, o novo portal utilizará como fontes a agência "Vatican Information Service" (VIS) e a agência "Fides" (ligada à Congregação para a Evangelização dos Povos).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.