Vaticano registra déficit pelo segundo ano consecutivo

O Vaticano informou ter registrado déficit fiscal pelo segundo ano consecutivo - cerca de ? 13,5 milhões -, atribuído aos elevados custo de pessoal e à crescente missão diplomática da Santa Sé. Em 2002, os ingressos totalizaram ? 216,5 milhões e os custos, ? 230 milhões. O Vaticano registrou 23 anos de déficit, até 1993. A situação se inverteu quando bispos de todo o mundo decidiram ajudar diretamente a Santa Sé. Mas o déficit reapareceu em 2001, motivado pela depressão financeira mundial, agravada pelos ataques terroristas nos Estados Unidos.

Agencia Estado,

09 Julho 2003 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.