Vazamento de gás mata 32 em mina de carvão na China

Há três mineiros desaparecidos ainda; causa do acidente ainda é desconhecida

Associated Press,

09 de novembro de 2007 | 03h11

Um vazamento de gás matou ao menos 32 mineiros no sudeste da China. Segundo as autoridades chinesas, há três pessoas desaparecidas e possivelmente mortas. O acidente aconteceu na quinta-feira, 8, na mina de Qunli, na região de Nayong, província de Guizhou, disse um oficial que não quis se identificar. "Trinta e dois homens morreram e três estão desaparecidos", disse o oficial, sem dar mais detalhes. A causa do vazamento ainda é desconhecida. As minas chinesas estão entre as mais perigosas do mundo, porque muitos proprietários desrespeitam as normas de segurança.

Tudo o que sabemos sobre:
mina de carvãoChinavazamento de gás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.