Ilya Naymushin/Reuters
Ilya Naymushin/Reuters

Veja a comemoração do réveillon pelo mundo

Austrália, Japão e China têm virada do ano antes do Brasil; países programaram festas com shows de fogos de artifício e homenagens

O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2014 | 11h13

(Atualizado às 20h) - Mais de 1,6 milhão de pessoas eram esperadas para o show de fogos em Sydney neste ano-novo. A cidade australiana homenageou os mortos em um ataque terrorista no dia 15 de dezembro, quando um iraniano fez 17 reféns em um café no centro da cidade.

O Japão espera que mais de 3 milhões de pessoas passem, em três dias, no local mais concorrido para orações no país, o santuário de Meiji Jingu, em Tóquio. Já em Pequim, a candidatura aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 será o tema das comemorações no parque olímpico da cidade.

Em Hong Kong, milhares de pessoas se reuniram no porto de Victoria para acompanhar a queima de fogos, de oito minutos, em comemoração pela chegada de 2015. Manifestantes também soltaram 100 balões amarelos – cor do movimento pró-democracia – em protesto.

Em Dubai, fogos de artifício coloriram a maior torre do mundo na contagem regressiva para a celebração do ano-novo. O edifício Burj Khalifa tem 828 metros de altura.


Mais conteúdo sobre:
RéveillonAustráliaJapãoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.