Veja a cronologia das inspeções de armas no Iraque

Eis a cronologia dos principais acontecimentos para a certificação de que o Iraque não produzanem armazene armas químicas, biológicas ou nucleares:24 de fevereiro de 1991: termina a Guerra do Golfo.27 de fevereiro: o Kuwait é libertado.6 de abril: o Iraque aceita resolução da ONU que pede o fim de seus programas de armas de destruição em massa e permita que ocumprimento das medidas seja monitorado e verificado.29 de outubro de 1997: o Iraque exige a partida dos membros norte-americanos que compõem a Comissão Especial da ONU (UNSCOM), que realiza as inspeções. Os norte-americanos partemtemporariamente, mas retornam em 20 de novembro.13 de janeiro de 1998: o Iraque deixa de cooperar temporariamente, alegando que a equipe de inspeção possui inspetores norte-americanos e britânicos em excesso.22 de janeiro: o Iraque proíbe as inspeções em palácios presidenciais.20 a 23 de fevereiro: O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, assegura a cooperação iraquiana e o acesso irrestrito aos inspetores.31 de outubro: O Iraque corta toda a cooperação com a UNSCOM. A UNSCOM se retira.14 de novembro: O Iraque permite a retomada das inspeções.16 de dezembro: A UNSCOM retira todos os seus inspetores do Iraque depois de concluir que Bagdá não coopera plenamente. Seguem-se quatro dias de ataques anglo-americanos.30 de junho de 1999: Richard Butler conclui seu mandato de dois anos como presidente executivo da UNSCOM.17 de dezembro: a ONU substitui a UNSCOM pela UNMOVIC, a Comissão de Inspeção, Verificação e Monitoramento da ONU. O Iraque rejeita a resolução.1º de março de 2000: Hans Blix assume a presidência executiva da UNMOVIC.Novembro de 2000: o Iraque rejeita novas propostas de inspeções de armas.5 de julho de 2002: Em conversações com Annan, o Iraque rejeita propostas para inspeção de armas.1º de agosto: Em carta a Annan, o Iraque convida Blix para visitar o Iraque para discussões técnicas sobre as questões restantes sobre o desarmamento.6 de agosto: Annan escreve aos iraquianos, sublinhando que suas propostas contrariam resoluções da ONU e pede a Bagdá que aceiteas inspeções.12 de setembro: O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, diz à ONU que livre o mundo dos arsenais químicos, biológicos e nucleares de Saddam Hussein ou abra caminho para asações militares norte-americanas.16 de setembro: Iraque aceita incondicionalmente o retorno dos inspetores de armas da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.