Reprodução
Reprodução

Veja os melhores memes da eleição presidencial americana

De anônimos a celebridades, houve momento para a brincadeira na internet após uma eleição tensa; Trump foi o principal alvo das piadas

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2020 | 12h24

A eleição americana foi tensa, mas a internet já estava pronta para lançar piadas caso Trump ou Biden vencessem. Derrota dupla para o republicano, que agora amargura a derrota nas urnas e nos memes. 

Celebridades também entraram na onda, como o multicampeão jogador de basquete LeBron James, crítico do atual presidente, que compartilhou uma releitura política o toco decisivo para o título da NBA quando vestia a camisa do Cleveland Cavaliers, em disputa contra o Golden State Warriors, em 2016:

 

Outro que entrou na brincadeira foi o ator Mark Hammil, conhecido por interpretar Luke Skywalker, icônico personagem dos filmes Star Wars, que adaptou a primeira trilogia (Uma Nova Esperança, O Império Contra-Ataca e O retorno de Jedi) à sucessão presidencial americana. "Melhor episódio de todos", disse.

 

Usuários também lembraram de um outro candidato desta eleição presidencial americana, Kanye West, que teve apenas 60 mil votos em todo o país. Alguns ironizaram a mensagem de apoio de Kim Kardashian, esposa do cantor, que celebrou a vitória de Joe Biden e Kamala Harris. "Candidato punjabi chora após receber apenas cinco votos e diz que há nove pessoas em sua própria família", compara o meme com o rapper.

A relutância de Trump em não aceitar o resultado das eleições também virou piada:

A apuração lenta em alguns Estados foi também lembrada por usuários em todo o mundo, ansiosos por um resultado da eleição. Sobrou para Nevada, que teve a contagem adiada algumas vezes.

Assim como por aqui, o caos político acabou virando motivo para fazer meme.

E como não podia deixar de ser, o Brasil também produziu seus memes da derrota de Donald Trump:

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.