Vem aí o tomate que tira o sal da terra

Cientistas nos EUA e Canadá desenvolveram tomateiros geneticamente modificados que crescem com água salgada e até absorvem o sal de solos contaminados, recuperando-os. Os vegetais receberam um gene responsável pela síntese de proteína transportadora de sódio. O sal retirado da terra fica "empacotado" seguramente nas células das folhas, permitindo que a planta cresça normalmente, sem afetar os frutos. Os novos tomateiros poderão abrir caminho para o desenvolvimento de outras culturas tolerantes ao sal e de maior importância econômica, como soja e milho. A acumulação de sais no solo limita a prática da agricultura em 40% das terras irrigadas do planeta, segundo o estudo, publicado na revista Nature Biotechnology.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.