Reuters
Reuters

Vencedores do Nobel pedem que Obama pressione China para soltar Liu

Vencedor do prêmio deste ano está condenado a 11 anos de prisão por subversão

estadão.com.br,

25 de outubro de 2010 | 13h21

WASHINGTON - Um grupo de 15 ganhadores do prêmio Nobel da Paz pediu ao presidente americano, Barack Obama, laureado em 2009, que interceda junto à China para libertar o dissidente Liu Xiaobo, vencedor deste ano.

Veja também:

especialTodos os ganhadores do Nobel da Paz

Subscrevem o pedido o arcebispo sul-africano Desmond Tutu, o dalai-lama, e os ex-presidentes dos EUA Jimmy Carter, e da Polônia, Lech Walesa.

"Lhe pedimos seriamente que fale pessoalmente com o presidente chinês, Hu Jintao. A libertação do doutor Liu é bem-vinda e necessária", diz o comunicado divulgado pela organização Freedom Now.

Os vencedores do Nobel ainda pediram que o governo chinês tire a mulher de Liu, Liu Xia, da prisão domiciliar a qual está submetida.

Liu Xiaobo, de 54 anos, foi condenado em dezembro passado a 11 anos de prisão por subversão, em razão de seus pedidos por uma reforma política e respeito aos direitos humanos na China.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.