Venda de lembranças do Concorde rende ? 3,3 milhões

A venda de lembranças retiradas dos aviões supersónicos Concorde, recentemente desativados, rendeu 3,3 milhões de euros, noticia a agência AFP, citando fonte da leiloeira Christie´s. O mais caro dos 218 objetos levados a leilão no sábado foi uma redoma da extremidade do nariz dos aparelhos, arrematada por 480 mil euros. O resultado da venda reverte a favor da Fundação Air France, que presta auxílio a crianças desfavorecidas.

Agencia Estado,

16 de novembro de 2003 | 11h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.