Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Venezuela acerta nacionalização da telefônica CANTV

O governo do presidente venezuelano, Hugo Chávez, e a empresa americana Verizon Communications, acionista majoritária da CANTV, assinaram nesta segunda-feira um pré-contrato para a compra pelo Estado de 28,51% das ações da maior telefônica da Venezuela.O acordo faz parte do plano de nacionalização anunciado em janeiro por Chávez, durante a posse em seu terceiro mandato na Venezuela. Chávez anunciou que pretende nacionalizar os setores energético e de telefonia do país.De acordo com o ministro de Telecomunicações, Jesse Chacón, o governo venezuelano pagará US$ 572,24 milhões pelas ações.Na quinta-feira passada, o governo venezuelano já havia anunciado um acordo com a norte-americana AES Corp. para a compra de 82,14% das ações da companhia Electricidad de Caracas, por US$ 739,26 milhões. No início deste mês, o Congresso venezuelano concedeu a Chávez maiores poderes. Através da aprovação da Lei Habilitante, o mandatário governará por 18 meses através de decretos-leis, não sendo necessária a aprovação legislativa de suas decisões, a fim de acelerar seu projeto de implantar o socialismo e executar as nacionalizações no país.Desta forma, a Venezuela pretende assumir o controle de refinarias na bacia do Orinoco (leste), sem negociar com as empresas privadas que têm a maioria acionária desses projetos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.