Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Venezuela afirma não 'ser ameaça' em carta publicada no 'NYT'

Documento que ocupa uma página do jornal americano pede fim das sanções impostas por Obama a autoridades venezuelanas

O Estado de S. Paulo

17 Março 2015 | 12h42

WASHINGTON - O governo venezuelano publicou nesta terça-feira, 17, uma "carta ao povo dos EUA" no jornal americano New York Times negando "ser uma ameaça" ao país americano e exigindo a revogação das recentes sanções impostas pelo presidente Barack Obama.

A carta, que ocupa uma página inteira no jornal, é assinada pelo Ministério de Relações Exteriores da Venezuela e recebe o título de "Carta ao povo dos EUA. Venezuela não é uma ameaça".

O texto destaca que o país da América do Sul acredita na "paz, soberania nacional e direito internacional" e é uma "sociedade aberta".

"Nunca antes na história das nossas nações, um presidente dos EUA tentou governar a Venezuela por decreto. É uma ordem tirânica e imperial", diz a carta, se referindo à ordem de Obama sobre a imposição de sanções contra sete funcionários venezuelanos acusados de violar os direitos humanos. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.